featured image

Minha primeira vez…

Dizem que a primeira vez a gente nunca esquece. Verdade, pra mim foi muito excitante, tudo exatamente do jeito que eu imaginei.

Logo ao chegar, fiquei encantada com aquela luz indireta, os únicos tons que predominavam eram os quentes. Em meio a um ambiente muito sensual e erótico, logo me deparei com papéis de parede sugestivos em formato de falo ou seios. Adorei a cortina de algemas, a banheira cheia de vibradores em formato de falo que servia como uma mesa.  Nas TVs, os vídeos mostravam corpos sensuais de homens e mulheres que se insinuavam e hipnotizavam atrás de máscaras, em outras telas, filmes pornôs do gosto feminino, o que é difícil de encontrar.

Você acha que estou falando de que lugar? Provavelmente não é o que você está pensando… Estou falando de um bar com temática erótica, o primeiro do Brasil. Talvez muitos já tenham visitado, mas minha primeira vez foi apenas dias atrás. Como não costumo sair muito, por isso demorei pra conhecer o Valentina Bar 18+, que acabou acontecendo num happy hour de negócios marcado lá.

Adorei o ambiente, a bebida, a comida, e tudo que gira em torno daquele bar. A ideia é sensacional, afinal não banaliza o sexo, apenas trata o tema de forma natural e sem preconceito. O público, na maioria mulheres, interage naturalmente, enquanto o tema sexo está em todos os detalhes do bar.

Longe do que parece, não é um lugar de pegação, apesar que dá pra paquerar sim! Mas vi muitos casais, grupos de mulheres, homens e mulheres numa boa, jantando, bebendo, e conversando como em qualquer bar, mas ao invés de rolar futebol ou lutas nas telas, rola sexo. Definitivamente, não é um lugar pra esquema, e muito menos pra fazer alguma coisa ali.

Ninguém se sente exposto nem intimidado ali, é apenas um tema. Na verdade, o que senti, é que ele nos instiga a ficar à vontade. Até porque ainda vivemos numa sociedade machista e preconceituosa, onde sexo é visto como algo vulgar e que não deve sair de dentro do quarto, como se sexo fosse algo proibido, sujo e feio. Ninguém tem necessidade de expor sua intimidade, mas sexo deve ser visto com mais naturalidade, afinal muitas mulheres ainda amargam dificuldades na vida sexual por causa da educação repressora que tiveram. Achei o lugar libertador!

No piso superior tem uma mini sex shop, mas o que achei mais interessante ali foi uma salinha escura que podemos tirar fotos da nossa roupa íntima, tanto homens quanto mulheres. É anônimo e seguro, e rola no dia seguinte nos banheiros do bar. Quem nunca? Óbvio que aproveitei o anonimato e o clima, e tirei algumas várias! Foi muito divertido.

Além disso tudo, em algumas noites tem show de strip-tease burlesco. Não tive a sorte de ver na noite que fui, mas tinha uma promoção de cerveja! As mulheres que compravam um balde de cerveja tinham o privilégio de irem para uma sala onde um homem dançava com ela algemada. Passei minha vez para uma amiga, perdi a dança, mas não perdi detalhe algum do bar!

O lugar é tão badalado que tem que fazer reserva. Vale a pena conferir, e sem medo! O Valentina só tem um efeito colateral: te faz falar e lidar melhor com a sua sexualidade. Achei parecido com o meu trabalho! Esse efeito é tudo que precisamos para uma vida sexual mais saudável. Afinal, sexo faz parte do nosso dia a dia, e deveria ser tratado mais naturalmente e não como um bicho de sete cabeças. Que esse seja o primeiro de muitos!

 

Beijo bom!

Deixe seu comentário

close Preencha os Campos abaixo e
Receba Agora no seu email!
Após clicar no botão, você
receberá imediatamente no seu email
close Parabéns!
Você vai receber no seu
email em alguns instantes o
Charme Irrestível :)